21/06/2015

O Que é Hop on Hop Off

O termo Hop on Hop off bus significa literalmente "pula-dentro pula-fora" ou "sobe e desce". Creio que quase todo mundo que já viajou à alguma cidade turística, principalmente do exterior já deve ter visto aqueles ônibus, geralmente vermelhos, de dois andares, e com a parte de cima aberta, cheio de turistas com suas máquinas fotográficas "metralhando" tudo que passa ao redor.

Pois bem, este veículo "carrega gringo" ou "carrega turista" são os famosos hop on hop off, uma linha de ônibus circular, pertencente à uma empresa privada que circula pelos principais pontos turísticos das cidades.
Veja mais abaixo as vantagens e também as desvantagens e porque eu nunca usei este tipo de serviço até hoje.
Acima prospecto de hop on hop off em Atenas, Grécia
Como funciona o hop on hop off e suas vantagens para os turistas

O ônibus Hop on Hop off geralmente fica circulando continuamente, e dependendo de cada cidade, passa de meia em meia hora (ou dependendo da cidade e época do ano) até de 20 em 20 minutos em paradas preestabelecidas.
Você compra um ticket que te dá direito a usar o ônibus quantas vezes quiser, subindo e descendo durante 1 ou 2 dias seguidos.
Geralmente dentro dos ônibus existe Wi-Fi incluído no preço do ingresso e áudio guia, um sistema com fone de ouvido multilíngue, ou seja, você pode ouvir uma explicação dos diversos pontos turísticos da cidade em vários idiomas, ou seja, na sua própria língua.
Você também ganha um mapa turístico da cidade com os pontos das principais atrações e os pontos de parada dos ônibus, onde você pode subir ou descer. Neste mapa também está traçado o roteiro do ônibus.
Então o que o turista faz é geralmente dar uma volta completa passando por todos os pontos do roteiro sem descer para ter uma visão geral até voltar ao ponto de origem que escolheu para embarcar.
Nesta primeira volta, recomenda-se que você consiga um lugar no piso superior sem teto ou deck superior do ônibus, de onde poderá ter uma ampla visão enquanto o ônibus percorre as ruas.
E depois, vai escolhendo cada atração que quer visitar e descendo em cada ponto mais próximo. Uma vez visitada a atração, volta ao ponto, pega o ônibus novamente para descer no ponto da próxima atração que quer ver de perto ou visitar.
Mapa de atrações de Londres com linhas hop on hop off bus.

Desvantagens, Nunca Usei e Não Gostei

Geralmente o público alvo dos hop on hop off são turistas, principalmente os que dispõem de pouco tempo na cidade. Viajantes independentes geralmente tendem a não gostar deste tipo de city tour contínuo (Veja diferença entre turista e viajantes independentes ou aficionados).
Eu ainda estou por experimentar um passeio de hop on hop off, mas até hoje ainda não me senti atraído por usar este tipo de serviço por alguns motivos que cito abaixo e que considero não muito bons para quem viaja com enfoque também cultural e pensa mais em conhecer verdadeiramente uma cidade ao invés de simplesmente visitar apenas cartões postais e monumentos.
Minha primeira restrição se encontra no fato que somente se tem contato com os demais turistas e não com habitantes locais. Na verdade  você tem uma visão da cidade que te mostram, e não da cidade como ela é.
Ter a oportunidade de se deslocar a pé por uma cidade, em uma longa caminhada é muito bacana, observando com calma os detalhes de arquitetura das construções que podem passar despercebidos num trajeto de carro. Não existe também nada mais prazeroso do caminhar pelas ruas, parar em uma praça ou em frente à um chafariz, ou sentar-se ao redor de uma fonte, ou tomar um café em um bar ou comer um panini local (ou sandwich), e depois continuar a caminhar entre uma atração e outra. Assim temos a oportunidade de ver a cidade do ponto de vista dos habitantes locais e não do ponto de vista de um turista.
Andar de transporte público quando necessário é mais interessante, por ver as particularidades dos ônibus e metrôs de cada cidade, além de observar as pessoas ou ter oportunidade de conversar com habitantes nativos.
Até mesmo se tiver que usar táxi em algum trecho é mais interessante, pois um bate-papo com um motorista pode revelar muitas e interessantes histórias sobre uma cidade.
Em minha opinião, mesmo que se tenha muito pouco tempo para conhecer uma cidade, ainda assim não vale a pena pegar hop on  hop off.
No caso de ter pouco tempo, eu escolho o indispensável que eu quero conhecer. Vou à pé ou de ônibus ou transporte público quando não se perde muito tempo. E quando o tempo aperta e ainda falta alguma coisa, prefiro pegar um táxi para visitar 2 ou 3 atrações. Aproveito para conversar com o motorista e perguntar sobre a cidade, e quando o motorista é legal e conversador vale a pena.
Táxi para duas pessoas, como é o meu caso que viajo com minha esposa, o custo fica suavizado. Reiterando, não é questão apenas de custo, mas sim enfoque de conhecer a cidade e ter uma visão própria.
Enquanto puder  evitar este tipo de serviço, sempre farei meus roteiros de forma independente.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente, dê sua opinião !