Tuk Tuk Tando em Portugal

Eu tuktuco, tú tuktucas, ele tuk tuka, nós tuktucamos, vois tuktuktais.... Não sei se este verbo existe no linguajar coloquial e certamente não existe no dicionário da língua portuguesa. Mas o fato é que eu já Tuk Tuktei em Portugal ou andei de Tuk Tuk!

O fato é que, uma das atrações em termos de transporte turístico em Portugal é o Tuk Tuk, uma versão lusitana dos táxis à pedal ou richshaws que são vistos em Milão, Paris e Londres.
Este pequeno carro de transporte, possui uma roda na frente e duas atrás, tem um único assento na parte dianteira para  o condutor e geralmente leva duas pessoas no banco de trás, mas existe versão para quatro pessoas. Diferentemente dos demais da Europa, os de Lisboa são motorizados, e não poderiam deixar de ser em função das inúmeras ladeiras super inclinadas da cidade. Seriam necessários super atletas para pedalar na subida daquelas ladeiras, e portanto os modelos encontrados em outros países não se adequam a Portugal.
E convenhamos nós, haja paciência para ficar pedalando e carregando pessoas na traseira de um triciclo. Não é um serviço exatamente adequado para a maioria das pessoas, a não ser que se queira fazer muito exercício para as pernas.
Acima do lado esquerdo, um Tuk Tuk na Praça dos Restauradores em Lisboa. Do lado direito, também acima, um Tuk Tuk visto em Sintra. A outra foto foi tirada de dentro do Tuk Tuk, ao percorrer a Av. Liberdade em Lisboa em direção ao mirante do Parque Eduardo VII.

Como é um passeio de Tuk Tuk e quanto custa?

Eu e minha mulher estávamos na Praça dos Restauradores em Lisboa e já tinhamos andado muito a pé, exatamente porque gostamos de observar os detalhes das ruas e construções, assim como curiosidades que encontramos ao caminhar pelas cidades que visitamos. Neste dia em Lisboa já estávamos um pouco cansados e pretendíamos ir ao mirante que fica na parte superior do Parque Eduardo VII. Para chegar lá teríamos que subir toda a bela e arborizada Av. Liberdade e depois continuar subindo ao longo do belo Parque Eduardo VII. Mas faltava tempo no fim do dia, assim como faltavam "pernas" em função do cansaço.
Chegamos a pensar em um táxi para ir rápido, mas ao olhar para um dos lados da Praça dos Restauradores vimos um ponto de Tuk Tuk. Um dos moços que dirigia o carrinho, para duas pessoas no banco de trás, nos disse que um pequeno percurso de lá até o mirante ficaria em 10 Euros para o casal. E assim fomos de Tuk Tuk até o mirante do parque, e durante o trajeto tendo um conversa muita agradável com o jovem e inteligente condutor que nos explicou muitas coisas sobre Portugal e inclusive sobre os Tuk Tuks.
Tuk Tuk visto em Sintra, cidade serrana próxima a Lisboa
Na foto acima, um Tuk Tuk enfeitado com cílios postiços, fotografado em Sintra. Certamente a condutora é mulher, e de fato existem também muitas jovens mulheres que dirigem estes carrinhos.
Geralmente os Tuk Tuks pertencem à empresas, e além de trajetos curtos, oferecem passeios com roteiros mais longos, que custam entre 50 e 70 Euros para um casal, com duração de 1 hora. Enfim, para saber o preço exato, somente conversando com um condutor ou se informando com uma companhia que oferece este serviço.
PedalCabs ou táxis a pedal, que podem ser vistos em cidades da Europa.
Nas fotos acima, vemos diferentes versões de táxi a pedal, que geralmente é um triciclo onde o condutor vai na frente pedalando, e os dois passageiros vão no banco de trás. Na foto acima do lado direito, um modelo fotografado em Milão na Itália, e do lado esquerdo os modelos fotografados em Paris. O modelo que aparece na foto do lado direito tem sido visto em várias cidades da Europa, mas com cores diferentes dependendo da cidade. Em Londres também são vistos táxis a pedal, geralmente em saídas de teatros ou alguns pontos turísticos.

Veja também

Comentários

  1. Se o tempo estiver bom é muito gostoso andar de tuk tuk. Dá pra ver bem a cidade.
    A única coisa é que se estiver um muito frio, o vento deixa um pouco desconfortável.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comente, dê sua opinião !