Mapa e Regiões de Portugal

Portugal é um pais pequeno mas em contrapartida possui uma boa diversidade de paisagens e cenários. No espaço de um dia é possível atravessar o pais, indo do sul ao norte, apesar disto não fazer o menor sentido em termos de viagem.
Trata-se apeanas de um comentário comparativo, pois são inúmeras atrações espalhadas por cada pedacinho de chão do pais que vale ficar dias em várias cidades de Portugal.
O pais, por suas referências geográfias, e também históricamente e culturalmente falando, é dividido em seis regiões como as descritas e mostradas no mapa abaixo.
Mapa das regiões de Portugal e principais cidades
Mapa das regiões de Portugal e principais cidades

Estremadura

Região onde situa-se Lisboa e o Rio Tejo. Lisboa é a capital do pais no centro-oeste, uma cidade bonita com partes novas e antigas, muitos monumentos e muitas atrações culturais. Por este motivo, Lisboa é o principal destino turístico de Portugal para muitos visitantes, principalmente quem vai a Portugal pela primeira vez, e por lá deve-se ficar alguns dias. Não faz sentido querer conhecer Portugal e não visitar Lisboa e pelo menos alguns locais de seus arredores.
Ponte sobre Rio Tejo liga Lisboa a Almada
Ponte sobre Rio Tejo liga Lisboa a Almada
A Ponte Sobre o Tejo liga Lisboa à Almada. Cada uma destas cidades fica de um lado da foz ou estuário do Rio Tejo. Para quem não sabia, Lisboa também tem a sua "Golden Gate", também pintada na cor vermelha, sendo também uma ponte supensa por cabos de aço. É uma ponte rodo-ferroviária.

A grandiosa foz do Rio Tejo vista do Castelo São Jorge | Lisboa
A grandiosa foz do Rio Tejo vista do Castelo São Jorge | Lisboa

A região da Estremedura é rica em atrações turisticas onde além de Lisboa destacam cidades circunvizinhas como Cascais e Sintra.
Cascais um belo balneário, uma espécie de Búzios ou Angra dos Reis de Portugal. Perto de Caiscais, mas do lado voltado para Lisboa, situa-se também o famoso cassino Estoril e local de mesmo nome.
Sintra fica no alto de montanhas, com inúmeros castelos, ruas e estradas pitorescas. Seria a "Petrópolis" de Portugal por ter um clima frio e serrano. Ao se chegar em Sintra pode-se notar imediatamente a diferença de temperatura com relação à Lisboa. 

Alentejo

Por ficar ao leste do Rio Tejo, esta região é chamada de Além do Tejo ou Alentejo. Região de pequenas cidades históricas com suas muralhas medievais. É uma região de planícies e mais seca que as demais regiões do pais. Esta região é também dividida em Alto e Baixo Alentejo.
As principais cidades são Évora com quase 50 mil habitantes, Santarém com quase 30 mil e Beja e Elvas com cerca de 16 mil habitantes. Évora e Elvas são destinos turísticos e ambas foram declaradas património mundial.

Algarve

Esta região é bastante conhecida por suas belas praias e como local de veraneio. Tem sido bastante explorada turisticamente, inclusive com construção de resorts e condomínios de luxo sendo a terceira região mais rica de Portugal.
A região do Algarve é a em prática a região do distrito de Faro e sua população representa em quase 5% da população de Portugal nesta segunda década do século 21.
Sob o ponto de vista turisitico aos olhos da Europa em geral, talvez seja a área mais importante de Portugal devido ao clima temperado ao estilo do mediterrâneo. Ou seja, atrai muitos turistas Europeus de paises mais frios em busca de locais para passar férias de veraneio próximo ao mal. No Algarve os invernos são curtos e não rigorosos e os verões longos, quentes e menos chuvosos.
Além das atrações climáticas e paisagens naturais banhadas por águas calmas, a região possui também atrações históricas. A região recebe também muito investimento estrangeiro no setor de hotelaria de alto nível e a gastronomia da região também é famosa onde existem inúmeros restaurantes para receber turistas endinheirados da Europa e outras partes do mundo.

Regiões das Beiras

Esta região é conhecida pelo plural Beiras por englobar subregiões ou províncias, como a Beira Alta, Beira Baixa, Beira Litoral e Beira Tramontina.
A região da Beira Litoral fica acima da Estremedura, encostada no Oceano Atlântico. A região da Beira Baixa fica entre a Estremedura e a Espanha, e Beira Alta entre a Beira Litoral, Beira Baixa e Trás-os-Montes. A Beira Litoral é uma região bastante fertil, a Beira Alta é montanhosa e a Beira Baixa é talvez a mais despovoada.
Entre as cidades mais famosas destas regiões estão Coimbra, Aveiro, Castelo Branco e Viseu Guarda. Coimbra fica à margens do Rio Mondego, na Beira Litoral, sendo uma cidade famosa e uma das mais importantes de Portugal, conhecida principalmente por sua universidade fundada em 1290. É famoso a chamada capa preta ou "Traje Nacional" ou "Traje Acadêmico" que virou marca dos estudantes de universidade portuguesas. Atualmente o traje não é obrigatório.

Regiões do Minho e Trás-os-Montes

Em direção ao norte, existem os famosos vinhedos em torno do Vale do Rio do Ouro e a Cidade do Porto, outro destino turístico obrigatório e também segunda maior cidade do pais.
No extremo norte temos duas regiões que também fazem fronteira com a Espanha. A região do Minho que é delimitada pelo Atlântico, Espanha e Trás-os-Montes, sendo uma região de bastante chuvas e com cenários muito verdes.
Trás-os-Montes é uma região menos conhecida pelo turismo de massa, e também considerada a mais primitiva e pobre do pais. Talvez melhor seria dizer campestre e bucólica.
Apenas por curiosidade, para os brasileiros, muitas vezes os termos encontrados em Portugal soam bem diferentes. Certa vez, quando eu estava em Lisboa, sentei-me em um bar com minha esposa para tomar o café da manhã, ou "pequeno café" como assim chamam os portugueses à este desjejum matinal. Ao olhar para a parede vimos um belo painel de azulejos na parede, e nele havia a gravura de uma mulher talvez camponesa sob o título "A Minhota". Ficamos curiosos e perguntamos ao proprietário do bar, que também atendia no balcão o que significava "minhota". Ele atenciosamente e gentilmente nos explicou que, "minhota" e "minhoto" são respectivamente a mulher e o homem que nasce na região do Minho.

Veja também

Comentários