18/07/2015

São José, Califórnia - Descobrindo a Cidade

São José é uma cidade linda!
Moderna, limpa, espaçosa, desenvolvida, tudo de bom!
É uma das maiores cidades da Califórnia, fica no Vale do Silício, perto de São Francisco.
As maiores empresas de informática do mundo ficam por ali, tipo Google e Oracle, por exemplo.



Rua próxima a um centro de convenções

A maioria das pessoas que trabalham em lanchonetes e museus são de origem latina, prestativas e educadíssimas, são muito agradáveis.
Não há pedintes nas ruas, aparecem alguns punks, mas são tranquilos e nem olham pra gente.
Pra quem conhece Joinville (SC), lembra um pouco...mas é bem mais moderna.

No centro  prédios modernos e praças estilosas.

E longe do centro, ruas tranquilas e casas bonitas.
Lindos gramados, e passeios bem cuidados.
A sinalização é impecável, e o asfalto não tem um buraquinho....

Casa de bairro em São José - Califórnia

O transporte público é ótimo, mas prepare-se para lidar com máquinas.
Há trem, bonde, ônibus, e um VLT que é um charme.
Os ônibus são baixos, e ainda tem uma parte que abaixa e fica quase rente ao chão quando as portas se abrem. Isso facilita muito para entrar no ônibus.
As estações de trem são super modernas e integradas com os pontos de ônibus.

Veículo Leve sobre Trilhos, no centro de São José

É máquina para comprar o bilhete do trem elétrico, máquina para comprar o bilhete do ônibus, máquina para pagar estacionamento, máquina para comprar bilhete do metrô, para comprar salgadinho, refrigerante, chocolate, etc.

A foto acima tem uma história engraçada, um king kong daqueles:
Estava eu, toda me achando...em San José...com meu inglês meia-boca, consegui descobrir onde era e como chegar ao zoológico sozinha (Marido estava num congresso). Consegui descobrir o horário do trem, comprar o ingresso do trem numa máquina, parar na estação certa, comprar o ingresso do ônibus em outra máquina, descer no ponto certo...tudo indo a mil maravilhas.
Quando cheguei ao zoológico finalmente (longe pra c....) encontrei essa máquina da foto acima, e pensei que era pra comprar o ingresso do parque...rsrsrs
O mais grave é que essa palavra é uma das poucas que eu conheço bem - mas na hora dá um rosa... e eu sei lá porque cargas d'água achei que parking (estacionamento) tinha a ver com parque (zoológico e parque...onde eu queria ir).

Folheto de horários do VLT
E comprei o tal do "ingresso". Chegando na bilheteria, a moça me pede o ingresso, e eu mostro o tíquet de estacionamento...rsrs
Ela - não o ingresso, e eu mostrava novamente o tiquet.....aí ela falou - isso é do seu carro. E eu - mas eu nem tenho carro! Aí ela começou a falar muito rápido, e eu avisei que não falava inglês. Ela perguntou de onde eu era, e eu disse Brasil.
Aí ela colocou as duas mãos na cabeça - Oh God!!!! Portuguese!!!!
Mas no fim apareceu um cara que falava espanhol, e trocou o tícket de estacionamento pelo ingresso no zoológico, e tudo deu certo.
É fácil se locomover no transporte público, difícil é entender o folheto de horários...rsrsrs. Esse folheto você consegue na portaria do seu hotel.
A gente ficou no Hilton, e o atendimento deles é maravilhoso - super recomendo. Além do que é bem no centro, pertinho de um monte de coisas legais que dá pra fazer a pé e pertinho do VLT, que dá pra ir pra quase todos os lados da cidade.
As pessoas que trabalham em restaurantes, táxis, e serviços públicos, são na maioria de origem latina, e por isso se o inglês falhar dá pra se virar muito bem usando espanhol. 
Mas sempre se pode encontrar um tiozinho paquistanês, de turbante e tudo  dirigindo táxi com a ajuda de um GPS, com um inglês pior ainda que o da gente...rsrs.
O melhor lanche da cidade fica  na Park Ave,185 - Peggy Sue's.
O melhor lanche da cidade

O sanduíche é ótimo, o café parece brasileiro e a torrada....   ah, a torrada é inesquecível!
Além de tudo, o lugar é um charme!
É de uma família, todos muito atenciosos. Me deram boas dicas de expressões mais usadas na cidade.

Para lazer há muitas opções, mas vou falar apenas das que eu achei mais legais.

O Museu Egípcio Rosacruz é muito interessante.
Tem diversos sarcófagos, muitas estátuas (inclusive  de alguns faraós importantes), algumas maquetes, múmias, e até uma tumba inteira que dá pra entrar dentro.
O acervo não só e grande como conta com peças muito importantes, e uma coisa que eu gostei muito é que do lado de algumas peças, tem a foto da escavação onde a peça  foi encontrada.
Essa foto abaixo é da entrada principal do museu.
Museu egípcio Rosacruz

O museu fica na Avenida Naglee, 1342.
Funciona  de segunda a quinta das 9h as 17h, sextas das 9h as 20h e sábados e domingos das 11h as 18h.
Você pode ir de táxi, pois passam poucos ônibus por lá.
Os prédios do museu são lindos, os jardins, as estátuas, as portas todas trabalhadas com entalhes em metal ou em pedra.
A atendente do museu é super querida, e até chama um táxi se a gente pedir com jeitinho.
A área em torno do museu é uma atração a parte...casas sem muros, com muitas árvores, muitas placas com hieróglifos egípcios - tipo placas de sinalização, em escolas e ruas, só que tudo em egípcio. A área que pertence ao museu é gigante e não dá pra deixar de visitar os jardins.
Na rua de trás do museu tem uma plaquinha dizendo que não passa ônibus nunca, em nenhum horário (que estranho né...rsrs).

Outro lugar muito legal é o Museu da Inovação
Aberto das 10h as 17h, e fica na South Market Street, 201.
Nesse museu se você pedir informação, as atendentes só faltam te pegar no colo e levar até o local...a moça até imprimiu um mapa pra mim :)
Essa bola amarela é uma cápsula desenvolvida para  que uma pessoa possa sobreviver a um tsunami.

Cápsula de sobrevivência para tsunami
Entre muitas coisas legais, tem um mini submarino que foi desenvolvido para mergulhar em grandes profundidades. O piloto viaja deitado de bruços.
Algumas partes da exposição são interativas (a gente pode experimentar).
Experimentar por exemplo a sensação de terremotos de várias intensidades, com segurança... sem ter que estar em um terremoto de verdade (de verdade  ninguém quer né...rsrs).
Ou fazer sua própria experiência genética (simples é claro), mas o que conta é ver como funciona.

A Mansão Winchester, é imperdível também.

Mansão Winchester
Além de linda, dizem que é mal assombrada...mas eu não vi nada.
Contam que a viúva do dono da fábrica de espingardas Winchester, era atormentada por espíritos das pessoas que foram assassinadas com essas espingardas, e que teria sido aconselhada por um médium a continuar construindo e aumentando a casa o resto da vida, para confundir os espíritos opressores.
A casa parece um labirinto, tem muitas escadas, corredores que voltam ao mesmo lugar e portas que dão em paredes, além de passagens secretas, e portas escondidas dentro de armários.
O guia que mostra a casa fala MUITO rápido, e até quem fala inglês fluente tem que prestar muita atenção pra acompanhar.
Ah... a foto que eles fazem de você na entrada, custa os olhos da cara na saída... acho que isso foi o que mais me assustou na casa rsrs. Mas pode valer a pena se você não conseguir uma foto legal lá dentro.

Fui também ao Zoológico.
Fica na  Senter Road, 1300.
Funciona da 10h as 16h, e os animais são alimentados as 15h.
Eles deixam as crianças ajudarem a alimentar alguns animais que não oferecem risco (ovelha por exemplo).

O bicho mais  bonito que eles têm lá é brasileiro, uma onça linda.
O mais simpático é  o Suricata, que faz até pose para a câmera.
Eu imaginava que num zoo americano eu ia ver um urso enorme - nem grande nem pequeno - não tinha urso.
Para chegar ao zoológico, ao sair do estacionamento, siga as pegadas (pintadas) do velociraptor.
Para quem vai com crianças é o lugar perfeito. Além de muitos animais selvagens e bonitos, também há os pôneis, cabras e mini-vacas com as quais as crianças podem interagir.
Há praças e parquinhos com o chão emborrachado,  lanchonete e loja de lembrancinhas.
Alguns brinquedos do parque têm altura mínima ou altura máxima para poder brincar - e não adianta chororô - então é bom conversar com as crianças antes de ir.
Pra ir ao zoológico, dá pra ir de táxi, logicamente. Mas eu queria porque queria andar naquele trenzinho estiloso que passa pertinho do hotel (no centro).
A estação que fica ali perto se chama "Convention Center", e o trem " Light Rail" ou VLT.
Pra ir ao zoo pega a linha Sta Tereza ou a Alum Rock até a Tamien Station.
Quando desce lá...parece o cruzamento de nada com p... nenhuma...rsrsrs.
Tem uma escada que desce, e embaixo da estação de trem é que está o ponto do ônibus (VTA). Passam vários, mas tem que pegar o 25.
Mas tem um 25 que vai para o hospital e um que vai para o zoo - tem que ver na placa do ônibus se ele vai para o hospital (o do zoo não marca nada), ou perguntar para o motorista.
Aí pede ajuda a alguém dentro do ônibus ou fica de olho na placa da entrada do zoo que é bem grande e fica do lado direito da rua.
Descendo do ônibus, você entra na rua que tem a placa, e anda um bom tanto ainda.
O zoo fica à esquerda, onde tem um estacionamento enorme na frente, com muitas árvores.
Na hora de voltar do zoológico. Fui para o ponto do ônibus, pegar o ônibus que vai até a estação de trem - o 25.
Quando cheguei, estavam duas pessoas esperando o ônibus, um rapaz loiro gordo (a cara do grande dragão branco - uma comédia), e uma moça de origem espanhola, toda encolhidinha num canto, parecendo a pessoa mais envergonhada do mundo inteiro (foi o que eu pensei né).
De repende, do nada, o gordinho levanta e começa a gritar "go 25, go!! I need go home!", e dar murros no banco - totalmente doido!
Aí eu entendi porque a moça estava toda encolhida...rsrsrs
Eu ignorei, mas fiquei de olho, qualquer coisa eu corria...  mas não passou disso, e acabou virando uma boa piada - cada vez que estávamos esperando um ônibus, bonde ou outro a gente lembrava do "go 25!"...rsrs

*Outro lugar imperdível pra ir com crianças é o Children's Discovery Museum que fica na Woz Way,180.

*Tem também o History Park.
1650 Senter Road, San Jose 95112
(408) 287-2290
locomotivas e passeio de bonde.

*Vôo indor, é uma boa opção para adultos.
Funciona da 8h as 11h
Fica na Rodovia Alvarado-Niles, 31310, rumo a  Union City

*Teatro pode ser uma boa opção para a noite:
California Theatre
345 South First Street, San Jose 95113
408-792-4111 


*Frontier Village - Fica fora da cidade na estrada que vai para Monterrey.
É um parque  cheio de atrações do velho oeste. Com índios, cowboys, diligências e um bom bang bang (teatro) pra se assistir ao vivo no meio do parque.

*Assistir a um jogo dos Sharks também é diferente e divertido.
Eu cheguei no finzinho do jogo, e até entrei de graça por isso, mas mesmo assim foi divertido pois eu nunca tinha visto um jogo de hockey.

Coisas beeem diferentes:

*Restaurante onde você pode "brincar de detetive".
Lembra do Arquivo X? Então, me falaram que o dono desse restaurante é o cara que escreveu a série, mas não conferi a informação...pode ser verdade ou não, dá pra "brincar de detetive" e descobrir..rsrs

*Local com suposta anomalia gravitacional (tem que ir de carro, e não é muito perto, mas é curioso).
Uma casa toda torta, onde as coisas parecem "rolar pra cima"

*Rádio observatório - Não achei site deles para por o link, mas se for lá eles têm uma visita guiada entre 10h e 14h.
Eu vi por acaso passando de van (que vinha do aeroporto de S. Francisco).

Rádio Observatório

Não pode fotografar lá dentro, mas o tapete da porta de entrada é esse:


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente, dê sua opinião !