Jackson Square | Nova Orleans

A praça principal de Nova Orleans se chama Jackson Square, e no local se concentram muitas interessantes atrações. No local existe uma feira de arte e as construções que cercam as praça existem de longa data tendo valor histórico. No local, além da catedral, se concentram dois museus e ponto de carruagens.
A praça que fica no Bairro Francês, é oficialmente um parque histórico por sua importância na história de New Orleans e também por ter sido o local onde em 1803 foi a assinado o acordo de compra do território da Louisiana pelos Estados Unidos.
Jackson Square
Na foto acima, em primeiro plano, vemos a Rua Decatur com ponto de carruagens de passeio. Ao fundo depois da praça, vemos ao centro a Igreja de Saint Louis, catedral de New Orleans onde o Papa João Paulo II já rezou missa. Esta igreja foi reconstruida e reformada alguma vezes ao longo dos tempos. No centro da praça existe um escultura esquestre de 1856 do general e presidente dos EUA, Andrew Jackson. Do lado esquerdo da Igreja, vemos o Cabildo, antiga seda de Governo e Prefeitura de New Orleans. Do lado direito um prédio "gemeo", que era um presbitério. Hoje, tanto o Cabildo como o Presbitério são museus. A igreja já teve uma aparência barroca e mais hispânica, assim como o Cabildo e outro edifício até meados do século passado. As torres pontiagudas ou "gotificadas" da igreja são modificações, assim como os telhados dos prédios laterais.
Feira de artes na Jackson Square
Uma feira de arte geralmente é encontrada na Jackson Square, de frente à igreja e ruas laterais, ao redor das grades da praça. Esta rua que passa em frente a Catedral é a Chartres Steet.
Placa explicativa em azulejos
A placa em azulejos ao estilo espanhol, marca que, Nova Orleans foi capital de Província Espanhola da Louisiana entre 1782 e 1803, quando então tinha o nome de Plaza D´Armas.
As cercas de ferro da praça, caminhos por entre jardins e gramados, assim como os bancos tem se mantido originais, seguindo um projeto de 1851 de uma certa Baronesa de Poltalba.
Um dos Pontalba Building

Os antigos prédios chamados Pontalba Buildings (Edifícios Pontalba) vistos na foto acima, que também cercam a praça em cada um dos lados também foram construidos por esta Baronesa.
Interior da Catedral de New Orleans
Acima o interior da Catedral de New Orleans, onde o Papa João Paulo II rezou missa. O interior parece oscilar entre o classicismo e barroco.
Igreja de Saint Louis, Catedral de New Orleans
Acima fotos do interior e exterior. A aparência externa já foi mais autentica. Embora tenha sido reformada e reconstruída muitas vezes, esta mistura esdrúxula  de classicismo com torres góticas deve ter vindo da ultima reforma, talvez em 1850.
Antiga aparência da Igreja de Saint Louis
Aquelas torres pontiagudas me intrigaram e acabei por perguntar e ler mais sobre isto. Coloquei os desenhos antigos representando também a antiga aparência.

A aquisição da Louisiana em 1803 foi assinada no Cabildo e nova bandeira hasteada na praça.

O acordo de compra e venda foi feito no Cabildo, antiga prefeitura de New Orleans, e bandeira dos EUA foi hasteada em cerimônia na mesma Jackson Square, que então se chamava Plaza D´Armas.
A Louisiana havia pertencido à França entre 1699 e 1762. Pertenceu à Espanha entre 1762 até 1800 quando Napoleão restabeleceu a posse. Mas em 1803 vendeu o território aos Estados Unidos. Apenas para constar, naquela época o território era imenso, abrangendo não somente a Louisiana atual. O território continha terras que começavam no norte, atual Estado de Montana e descia até o Sul, atual Estado da Louisiana. E no sentido leste-oeste, grosseiramente falando, era delimitado por terras entre Saint Louis capital do atual Missouri e Denver capital do atual Colorado.

Veja também:
Atrações e o que ver em New Orleans | Mapa turístico
Nova Orleans, Louisiana e Cultura Cajun

Comentários