20/06/2016

Caminhando por Montevidéu

Neste post, descrevo (em minha opinião) os mais interessantes locais para passear em Montevidéu:
  1. Centro de Montevidéu através de uma interessante caminhada que fiz pela Av. 18 de Julio e arredores.
  2. Caminhada pelas Ramblas, Praias de outros Bairros de Montevidéu, como Pocitos, Punta Carretas e Playa Ramirez.
  3. Em outros posts falei sobre a Praça Independência, a Cidade Velha.
O Centro de Montevidéu vai da Praça Independência seguindo ao longo da Av. 18 de Julio, principal avenida de Montevidéu até o Boulevard Artigas. Esta caminhada segue a maior parte do tempo ao longo da 18 de Julio.
Boulevard Artigas onde termina a Av. 18 Julho.
Acima o obelisco e o Boulevard Artigas, onde termina a Av. 18 de Julho, principal via de Montevidéu, região central da Cidade.
Av. 18 de Julio | Centro de Montevidéu
Av. 18 de Julio | Centro de Montevidéu
Acima a Av. 18 de Julio. Foto tirada olhando para trás, ao fundo a torre do Palácio Salvo na Praça Independência, ficando para trás. Para entender a caminhada, veja a avenida 18 de Julho no mapa turístico de Montevidéu.

Caminhar ao longo de toda a extensão da Av. 18 de Julio

Nesta sugestão de caminhada, sugiro pegar a Av. 18 de Julio desde o seu início na Praça Independência e seguir até o seu final, passando por todo o Centro da cidade, depois pelo Bairro Cordon até chegar ao início do Parque Battle, ou seja finalizando a caminhada no Boulevar Gal. Artigas. De lá você pode pegar um ônibus para visitar Pocitos e Punta Carretas ou quem sabe visitar o Parque Battle.
Plaza Fabini | Fonte e jardins | Montevidéu
Plaza Fabini | Fonte e jardins | Montevidéu
Ao longo da caminhada vemos algumas belas praças com a Plaza Fabini com com seu chafariz de esculturas, belos jardins e águas limpas ao redor.
Entre um ponto e outro, vá entrando em lojas, vendo vitrines das mais diversas, e vendo se acha algo que vale a pena comprar para levar.
Edifícios em estilo eclético ou Beaux-arts | Av. 18 de Julio | Montevidéu
Edifícios em estilo eclético ou Beaux-arts | Av. 18 de Julio | Montevidéu
Ao longo da Av. 18 de Julho, em diferentes pontos, vemos interessantes em estilo eclético ou Beaux-arts, alguns mais sóbrios outros mais refestelados. Pode-se ver também algumas poucas construções em estilo Arte Deco.
Plaza Fabini | Centro de Exposiciones Subte | Montevidéu
Plaza Fabini | Centro de Exposiciones Subte | Montevidéu
Na Praça Fabini, existe um Centro de Exposições Subterrâneo, com entrada perto da cúpula de vidro que vemos na foto, na verdade uma clarabóia. Me chamou atenção o excesso de bandeira do MacDonalds em alguns trechos da av. 18 de Julio. Certamente é patrocínio, mas acho estranho isto em uma avenida que é símbolo da cidade. Ficaria melhor a propría bandeira do Uruguai, a semelhança dos Frances, Suiços e até mesmo Argentinos que colocam de forma semelhantes suas bandeiras na via mais importante da cidade.
Plaza Fabini | Fonte e edifícios ao fundo | Montevideo
Plaza Fabini | Fonte e edifícios ao fundo | Montevideo
Acima novamente a Plaza Fabini. É bacana que, tanto em Montevidéu, como em Santiago do Chile, como em cidades da Europa, as fontes são bem cuidadas, limpas, geralmente com fundo e paredes claras sobre o leito dágua.
Plaza da Cagancha e Kiosko | Montevidéu
Plaza da Cagancha ou Libertad e Kiosko | Montevidéu
Caminhando adiante, chegamos na Plaza da Cagancha, também chamda de Libertad. Está praça também arborizada, possui alguns Kioskos. Este tipo de ponto de venda, já foi comum também no Brasil, inclusive Rio de Janeiro nos últimos anos do Império e primeiros anos da República. Mas ao contrário do Rio, lá eles preservaram e mantiveram esta tradição.
Prefeitura de Montevidéu e Mirante
Prefeitura de Montevidéu e Mirante
Neste ponto chegamos a um outro emblemático edifício de Montevidéu, que é sede da Prefeitura da Cidade com um Mirante Panoramico no terraço com vista de 360 graus da cidade. Em frente ao edifício existe um centro de informações turísitcas. Situa-se na Av. 18 Julio 1360.
Segundo informações que colhi no local, a construção do edifício foi iniciada em 1936 e o edifício habilitado em 1942.
Mirante e vistas da cidade | Montevidéu
Mirante e vistas da cidade | Montevidéu
Entretanto, este edifício da Prefeitura só foi totalmente concluído em 1968. Segundo a mesma fonte, o Arquiteto Maurício Cravotto, autor do projeto se inspirou em "prefeituras medievais". Mas o embasamento ou parte de baixo é totalmente classicista, devido às suas colunatas e simetria, além da horizontalidade e parecer lembrar alguma coisa das primeiras fases de Frank Lloyd Wright.
Quem sobe ao Mirante, verá a construção bem "modernista".
E como curiosidade, na frente do edifício, do lado direito, existe uma réplica do Davi de Michelangelo, um presente dado à cidade em 1958 para homenagear os imigrantes italianos.
Plaza de los 33, Montevidéu
Plaza de los 33, Montevidéu
E seguindo adianta vamos passar pela Plaza de los 33. À esta altura, a Av. 18 de Julio, estaria no bairro Cordon. Nesta praça existe uma feira de artesanato e roupas, onde pode-se encontrar algumas coisas interessantes. E do lado esquerdo de quem sobe esta Avenida, nas ruas transversais uma feira de artes e artesanato nos finais de semana, que se concentra na rua Dr. Tristan Narvaja.
Rua no Bairro Cordon | Montevidéu
Rua no Bairro Cordon | Montevidéu
Mas seja em que dia for, sugiro entrar por curiosidade na Rua Minas, seguindo do lado esquerdo da Praça de Los 33. Fazer uma pequena caminhada por alí e depois voltar para a Av. 18 de Julho. Sugiro descer a Rua Minas até a Rua Paysandú, depois prossiga na Paysandú até encontra a esquina da Rua Dr. Tristán Narvaja e suba a mesma até volta a Av. 18 de Julio.
Rua do Bairro Cordon | Montevidéu
Rua do Bairro Cordon | Montevidéu
Nos dias comuns, vemos a vida do dia a dia, em um bairro comum da cidade, onde por perto existe uma faculdade de psicologia. Veremos bares e lojas simples, locais onde os Uruguaios comem ou compram coisas no dia a dia. Vemos algum casario antigo e interessante como a séria de casas emparelhadas e com fachadas idênticas, do final do século 19 e início do século 20 vistas nas fotos. Vemos também livrarias, sebos e algumas lojas de antiguidades. Enfim, saimos um pouco fora da rota mais turística, entramos na cultura local do dia a dia.
Fonte dos Cadeados em Montevidéu
Fonte dos Cadeados em Montevidéu
Subindo mais ainda Av. 18 de Julio, veremos um chafariz de ferro fundido cercado por um gradil de ferro. Chama a atenção a a quantidade de cadeados presos ao local, estando o gradil totalmente coberto dos mesmos. Semelhante à uma ponte em Paris e de outros locais da Europa, existe este costume de casais colocarem cadeados em cercas como uma espécie de amuleto para selar o amor.
Antigas casas | Montevideu
Antigas casas e lojas cedem lugar a novas construções
 Ao caminhar pela av. 18 de Julio vemos que antigas construções, como a casa com lojas no térreo em estilo Art Déco e o pequeno prédio do lado direito em estilo Bela Artes ou Eclético resistem ao tempo de forma sofrida. Pérolas do passado, que se polidas novamente se tornariam pequenas estrelas em meio ao enfadonho cenário da arquitetura modernista.
Boulevar Artigas, próximo Parque Battle | Montevidéu
Boulevard Artigas, próximo Parque Battle | Montevidéu
E por fim, chegamos finalmente ao final da Av. 18 de Julio, onde a mesma se encontra com o Boulevard Gal. Artigas, onde existe uma fonte e um obelisco com esculturas. Neste ponto voce decide o que fazer. Pode-se pegar um ônibus e ir ver Pocitos, Punta Carretas e Playa Ramirez, intercalando mais algumas caminhadas com trajetos de taxis ou ônibus. Se pegar táxis, diga ao motorista por onde você quer passar e ver o que quer conhecer.

Caminhando pelas Ramblas, Praias e Bairros de Monteviéu


Montevidéu é uma cidade predominantemente plana, e sua orla e banhada pelo estuário do Rio da Prata que pode ser confundido com o mar. Nas margens da cidade cercadas pelo imenso rio, existem as ramblas ou calçadões, que nós convidam para uma interessante caminhada.
Rambla e Praia Ramirez
Principais ramblas e praias da cidade e seus bairros

De um lado da Cidade Velha, do lado oposto do porto de Montevidéu, começa o calçadão ou rambla que se estende pelo litoral de Montevidéu, por cerca de 20 km.
As ramblas passam à frente de diferentes bairros e entre algumas praias de Montevidéu. Pelo que ví os trechos mais interessantes são:
  • Rambla da Cidade Velha, do início até a Praça República Argentina, que fica na beira do rio.
  • Praia e Rambla de Pocitos
  • Praia e Rambla de Punta Carretas
  • Praia Ramirez e Rambla ao longo da mesma
  • Rambla em frente ao bairro Palermo, continuando a praia Ramirez.
  • Outras praias bem mais distantes são Buceo, Playa dos Ingleses, Playa Verde, Carlos Gardel e Carrasco. Estas últimas eu sómente ví de taxi, quando estava indo para o aeroporto de Montevidéu e o motorista nos levou seguindo as ramblas.
Andar de bicicletas pelas ramblas também é uma opção.
Pocitos, bairro, praia e rambla | Montevidéu
Pocitos, bairro, praia e rambla | Montevidéu
Vamos supor que você comece sua caminhada ou passeio de bicicleta por Pocitos. Acima o bairro de Pocitos, onde podemos ver sua praia, a rambla, os prédios de alta classe média assim como lojas e restaurantes mais sofisticados em ruas internas do bairro. Comparativamente seria equivalente ao Leblon no Rio de Janeiro ou Jardim Paulista em SP.
Caminhe pela rambla até a Punta Pocitos (ponta), que divide o bairro Pocitos de Punta Carretas. Nesta ponta você tem uma bela vista da praia de Pocitos e sua orla.
Montevidéu | Punta Carretas
Montevidéu | Punta Carretas
Orla de Punta Carretas, após passar por Punta Poncitos. Nas fotos vemos o calçadão, ciclovias, imensos gramados e inclusive campos de futebol.
Castelinho em Punta Carretas
Castelinho em Punta Carretas
 Ao caminhar pela orla de Punta Carretas, aínda próximo a Punta Poncitos, uma construção que chama atenção por sua excentricidade é o Castillo Pittamiglio. Este castelinho fantasioso, segundo me explicou um morador do bairro, foi residência de um arquiteto até 1966, quando este faleceu. O arquiteto era maçom e estudioso de ocultismo. Ainda segundo ele, dentro do castelinho existem inúmeros símbolos maçônicos e uma arquitetura estranha, enigmática e fantasiosa. Este mesmo morador, me poderia ser feita uma visita guiada. Fomos ao local, mas os horários de visita eram bem mais tarde da hora que passamos em frente. Mas observando o piso de um salão de entrada, em preto e branco ao estilo tabuleiro de xadrez, pude constatar que fazia sentido o que o morador havia me dito.
Seguindo a caminhada pela rambla de Punta Carretas você passará por duas outras pontas ou pequenos braços de terra que entra no Rio da Prata. Primeiro Punta del Canário, depois Parque Punta Carretas e Punta Brava. Chegando até este ponto é já uma boa caminhada.
Mapa de Pocitos, Punta Carretas, parques, ramblas e Playa Ramirez
Mapa de Pocitos, Punta Carretas, parques, ramblas e Playa Ramirez
Clique no link a seguir para ver mapas de Montevidéu com possibilidade de amplia-los mais.

Seguindo adiante as ramblas terão enormes áreas verdes do lado oposto do Rio da Prata, sendo o enorme Parque de Las Instruciones del Ano XIII até chegar na Praia Ramirez. Por trás da Praia Ramires, ainda existe parte do mesmo parque já citado e também o Parque Rodó.

Quando chegamos no início deste imenso parque, preferimos pegar um táxi até a Playa Ramirez, pois o trajeto iria se tornar cansativo.
Sede do Mercosul | Montevidéu
Sede do Mercosul | Montevidéu
A Praia Ramirez é uma das mais populares de Montevidéu a rambla ao redor da mesma é também movimentada. Em seu prolongamento em direção ao Bairro Palermo, existem também pistas de patins e locais para atividades esportivas, assim como um cenário cultural interessante e colorido.
Ramblas da Playa Ramirez e Bairro Palermo | Montevidéu
Ramblas da Playa Ramirez e Bairro Palermo | Montevidéu
Nas fotos acima, vemos trechos da rambla da Praia Ramirez em direção ao Bairro Palermo. Do lado direito na foto de baixo, vemos uma pista de patinação. Ao fundo a Praia Ramirez com um parque de diversões.

Ramblas da Playa Ramirez e Bairro Palermo
Acima, mais uma sequência de 4 fotos das ramblas da capital. Vemos estas ramblas ao caminhar, passando pela Playa Ramirez e seguindo adiante, na rambla que se estende em frente ao Bairro Palermo. Em um das fotos vemos a Playa Ramirez ficando bem para trás, em outra vemos uma pista de patinação.
Bairro Palermo, Montevidéu
Bairro Palermo, Montevidéu
Na foto acima, rua do Bairro Palermo de Montevidéu. Aceita uma parrillada ou churrasco Uruguaio? Após uma longa caminhada, até quase em frente ao Hotel Ibis, era hora de parar e voltar para o hotel. Subimos esta rua em direção à 18 de Julio. Mas um taxi que apareceu à nossa frente foi providencial. Taxi em Montevidéu não é caro, e vale a pena quando necessário.
Rambla da Ciudade Vieja | Montevidéu
Rambla da Ciudade Vieja | Montevidéu
E acima a Rambla da cidade velha. Passeie por esta rambla quando visitar a Cidade Velha. Em um determinado ponto existe o que resta de um antigo ponto de fortificação. Caminhar ou pedalar até a Praça Argentina, que fina na beira do Rio da Prata, e mais próxima ao centro da cidade pode ser interessante.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comente, dê sua opinião !